5 de mai de 2013

CUIABÁ É CAMPEÃO MATOGROSSENSE

Fonte: Craques do Radio


Pelo segundo ano seguido o título mato-grossense foi decidido nos pênaltis. E deu Cuiabá, vencendo o MIxto por 3×2 após vencer também no tempo normal por 2×1, de virada. O goleiro Laênio foi o herói da disputa final defendendo dois pênaltis.
Com Igor e Marcão no ataque o Cuiabá começou o jogo com uma escalação ofensiva e começou atacando, pressionando o Mixto, que não conseguia sair.
A melhor chance foi aos 13 minutos quando William Kremer acertou a trave do goleiro André.
Só a partir dos 17 o Mixto conseguiu chegar mais próximo a área do Dourado.
Aos 31 o Mixto abriu o placar. O goleiro Laênio deu rebote em um chute da entrada da área pelo lado direito e após um bate-rebate o atacante Felipe Adão subiu mais do que o goleiro e a zaga para fazer de cabeça 1×0 para o Alvinegro.
O Cuiabá sentiu o gol e o ritmo do jogo caiu.
Logo no começo do 2º tempo, aos 3 minutos, o Cuiabá empatou o jogo com Marcão, também de cabeça, aproveitando cruzamento que veio da direita.
O gol deixou o jogo equilibrado, mas aos 13 minutos saiu o segundo do Dourado: Laênio acionou Fernando, que puxou o contra-ataque, tabelou com Igor e bateu pro gol para fazer 2×1, virando o placar.
Dominando o meio-campo, o Cuiabá era melhor na partida, chegando com frequência a área mixtense. O Mixto se defendia e não conseguia articular jogadas ofensivas.
Fim de jogo e a decisão do título foi para os pênaltis, pois no placar agregado (dois jogos) Cuiabá e Mixto empataram por 2×2 – Mixto 1×0 e Cuiabá 2×1). Aí deu Cuiabá, vencendo por 3×2.
Para o Dourado marcaram Adriano Paraná, Natan e Fernando – Renan errou (o goleiro André defendeu); para o Mixto fizeram Kal e Paulo Henrique – erraram Robinho (Laênio defendeu), Jorginho (na trave) e Felipe Adão (Laênio defendeu).
Os times:
Cuiabá – Laênio; Jackson (Natan), Reinaldo, Andriano Paraná e Natanael; Bogé, Jean, William Kremer (Fernandinho) e Fernando; Igor (Renan) e Marcão.
Mixto – André; Dudu, Odail Júnior, Kal e Jorginho; Kiko, Vitor (André Luis), Jamba (Jean) e Robinho; Marclei (Paulo Henrique) e Felipe Adão.

Nenhum comentário: