31 de jul de 2013

OPERARIO (C.E.O.V.) É O ADVERSARIO DO SEC NA FINAL

Foi no sufoco, mas dez anos depois o Clube Esportivo Operário Várzea-grandense está de volta à Primeira Divisão do Campeonato Mato-grossense. Depois de vencer o primeiro jogo (3×1), o Tricolor podia perder por um gol de diferença: e assim foi. Na noite desta terça-feira foi derrotado por 2×1, no Dutra.
Mesmo com a derrota, o Operário garantiu o acesso e vai decidir a Segundona contra o Sorriso, já classificado para a Primeirona de 2014 – o primeiro jogo da final deve ser disputado domingo no Dutra, com o segundo em Sorriso, quarta-feira.
Falhando muito no meio-campo e com “um setor muito longe do outro”, conforme definição do técnico Narciso dos Santos, o Operário sofreu um gol aos 26 minutos do primeiro tempo, marcado por Júnior Paraíba.
No segundo tempo o Tricolor melhorou, com o Poconé jogando basicamente nos contra-ataques. E aos 26 minutos veio o empate, com Carlos Alberto cobrando falta.
Mas seis minutos depois o time poconeano passou à frente novamente: Paulo Henrique, de cabeça, marcou contra. Depois disso, o time pantaneiro teve outras chances para ampliar, assim como o Chicote criou oportunidades para empatar. Mas, ficou nisso. Foi a primeira derotad operariana na competição.
O Operário jogou com André; Pedro Bala, Marcelo Caixa D’Água, Laerte e Carlos Alberto; Lê (Vitor), Natan, Robinho (Everton Matheus) e Jackson; Buiu (Tito) e Paulo Henrique.
*Com a Rádio Industrial/Band

Nenhum comentário: